25 de maio de 2011

Supermercado Chino


Quem conhece Buenos Aires já percebeu que a grande maioria dos supermercados não pertencentes às grandes redes (Coto, Dia, Carrefour) têm como donos famílias chinesas. Esses mercados são popularmente conhecidos como "Chinos".

Incrivelmente eles possuem os preços dos produtos mais baratos do que as grandes redes. Por isso, surgiram muitas lendas em torno desses estabelecimentos. Uma delas diz que o governo chinês tem um acordo com o argentino isentando os "Chinos" de pagar impostos; outra lenda diz que eles desligam as geladeiras à noite, para economizar energia...

No entanto, o segredo do preço baixo está no fato de serem estabelecimentos familiares, assim não há necessidade de se pagar por gerência e franquia, e por diversos supermercados chinos se reunirem para comprar grandes quantidades de produtos, podendo assim barganhar com os fornecedores.

Contudo, alguns mercadinhos realmente não deixam as geladeiras na temperatura ideal, por isso cuidado ao comprar yogurt ou similares em um "Chino" desconhecido. Porém, a maioria dos mercados são confiáveis e vale a pena comprar lá, com seus preços bem em conta.

São 60.000 imigrantes chineses vivendo na Argentina e existem cerca de 5.000 super chinos no país. Aqui, uma reportagem interessante sobre estes estabelecimentos.

Boas compras!

4 comentários:

  1. É verdade, os "chinos" na maioria das vezes são mais baratos mesmo, eu por exemplo sempre compro uma bolachinha de limão, no hipermercado daqui custa AR$ 4,50 e no chinodo lado da minha casa pago AR$ 3,54, a diferença é boa. Muito legal seu blog, parabéns.

    ResponderExcluir
  2. Meu cunhado vai estudar na argentina e esse blog ajudara ele bastante.PARABENS!

    ResponderExcluir
  3. Olá, retornei dos 8 dias que desfrutei na Argentina, andei muito conheci lugares maravilhosos. Vou guardar boas lembranças dos lugares que passei. Antes da viagem visitei seu blog que para mim foi um aprendizado, informações e dicas excelentes. Parabéns pelo seu belíssimo trabalho. Sim, pretendo voltar, um dia quem sabe! Os argentinos são educados, inteligentes e sabem receber os brasileiros. Abraços Henris

    ResponderExcluir
  4. Vou agora dia 4/01/12 para buenos aires e gostaria de saber se tem algum Chino em Palermo. Aluguei um apartamento perto do jardim zoológico.
    Obrigada.

    ResponderExcluir